UTILIZE TRAVAS À PROVA DE IDIOTAS PARA EVOLUIR SUA DANÇA

Mas o que é uma trava a prova de idiotas?

Você já tentou ligar o micro-ondas com a porta aberta? Ou tentou tirar a chave do carro da ignição com o carro em movimento?

Esses são dois exemplos de restrição de comportamento (behavior-shaping constraints do termo técnico), popularmente conhecido como “travas à prova de idiotas”.

Como o nome sugere, essas travas te impedem de agir de forma idiota e garantem o resultado esperado.

Travas à prova de idiotas

Travas à prova de idiotas para dançarinos

Se você quer melhorar sua dança, essas travas são um modelo mental extremamente poderoso. Imagine esse exemplo:

Você quer ser um dançarino melhor. Você sai para dançar cerca de quarto vezes por semana, o que é ótimo!

Mas tem um problema. Sempre que você tem uma dança ruim, você fica tão envergonhado que imediatamente entra no seu carro e vai pra casa. Algumas noites isso acontece após a primeira dança da noite! O que fazer?

Existem algumas travas que você pode considerar. Mas, primeiro, qual é o objetivo principal dessa trava? Queremos ser capazes de ficar, pelo menos, duas horas em cada noite de dança.

Qual é a ação que evitamos com essa trava? Não queremos fugir do baile logo após ter uma dança ruim. Certo, vamos ao “toró de parpite” (brainstorming) então:

  • Não vá de carro para o baile, ao invés disso, vá de Uber, de carona com alguém ou de transporte público.
  • Dê a um amigo R$ 100 quando você chegar no baile e diga que se você for embora antes de tal horário, ele pode ficar com o dinheiro.
  • Prometa a um amigo que dará carona a ele ao fim da noite.
  • Vire dois shots de Jose Cuervo antes de começar a dançar.
  • E por aí vai…

Pense um pouco e considere essas opções (e outras que você tiver pensado). Qual delas trava melhor o efeito positivo enquanto nega o efeito negativo?

Não ir de carro evita que você entre no seu carro imediatamente e fuja, mas mesmo sem carro existem outras formas de fugir imediatamente. Não vale a pena.

Prometer uma carona para algum amigo é uma boa se você tem algum amigo que fica até o final. Mas as travas devem exister 100% do tempo, não as vezes. Não adianta.

Virar dois shots de Jose Cuervo significa que você não poderá ir embora de carro antes de algumas horas (valeu Lei Seca!). Mas não te impede de ir embora sem seu carro, além de o álcool afetar sua dança. Melhor não.

O que sobra a ideia de dar R$ 100 a um amigo. A parte positiva é que pode ser qualquer amigo que você confia, o que você deve ter pelo menos um por baile.

Se ele for embora, você pode transferir a responsabilidade para outro amigo. Esse método ainda te faz gastar menos dinheiro com álcool no baile, já que seu dinheiro está com alguém. Legal.

Mas você ainda precisa, ativamente, dar R$ 100 pra alguém todo baile. A trava é testada toda vez. Seria melhor se fosse uma trava eterna que, assim que ligada, funcionasse pra sempre. Mas dentre as opções, essa é a minha favorita.

A trava à prova de idiotas funcionando

A trava de R$ 100 se baseia no fato que R$ 100 é bastante dinheiro. Se pra você essa quantia é irrelevante, aumente esse valor. Assim que começar a executá-lo, esse será o panorama:

Você chega no baile. Encontra seu amigo confiável e passa pra ele uma nota de Peixe. Na sua primeira dança você pisa no pé do seu parceiro e escuta um grito alto. Você se sente terrível e decide ir pra casa. DROGA!

Você já pagou R$ 20 pra entrar no baile e agora está prestes a perder mais R$ 100 se for embora. O que você faz?

Você decide então  ir lá fora respirar um pouco. Depois de 10 minutos, seu amigo te vê lá fora, vai até você e começam a conversar. Ele te chama pra dançar, você diz que não, ele insiste, você aceita pra não fazer desfeita. Aí você tem uma dança excelente.

Esse é apenas um exemplo. O aprendizado de tudo isso é que você pode desenhar um sistema que trave o comportamento que você quer evitar na sua dança, seja ele qual for.

Pode ser algum problema de execução ou, como comentamos aqui, algo sobre motivação ou timidez.

Você tem algum exemplo de trava à prova de idiotas que você usa para te impedir de fazer algo que você não quer, ou pra melhorar a sua dança?

Poste nos comentários. Adoraríamos ouví-las.

Link: http://latindancecommunity.com/use-forcing-functions-to-become-a-better-dancer/
Traduzido por: Lucas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *